quinta-feira, 10 de março de 2016

Entenda porque a esquerda deve torcer pela candidatura de ''Bolsonazi'' em 2018


Aposto que os leitores desse blog se surpreenderam com o título dessa publicação. Posso imaginar as frases formadas em vossas mentes, "Como um blogueiro progressista pode apoiar a candidatura de um fascista?", "Esse blogueiro está nos sacaneando." "Esse aparvalhado está nos enganando."

Posso explicar? 

Obrigado.

Infelizmente, o debate das eleições presidenciais já começou, inclusive com várias pessoas com posições, ainda que prematuras, definidas. Analisando os possíveis nomes para 2018, eu cheguei a conclusão que a candidatura de Jair Bolsonaro representa algo extremamente salutar, não só para o campo progressista, mas para o Brasil como um todo.

Como assim?

Vamos analisar os prováveis candidatos para 2018, bem como os partidos e possíveis alianças. 

Ciro Gomes (PDT): Um político progressista, filiado ao partido de Leonel Brizola. Essas características propiciam a construção de uma forte aliança para a disputa do planalto, além de ter sido o governador mais popular do país;

Lula (PT): Pertence ao maior partido progressista do país e já foi presidente, tendo uma aprovação acima dos 80%. É dispensável falar acerca de alianças em torno de uma candidatura do ex-presidente.

Alckmin/Aécio (PSDB): Independente do candidato, os tucanos sempre contarão com o apoio da ala conservadora do país. Vale lembrar que, o partido sempre esteve presente no segundo turno das eleições desde quando deixou o governo

Marina (Rede): Pertence a um partido recém criado, com ideais progressistas. A ex-ministra teve mais de 19 milhões de votos em 2010 e mais de 22 milhões de votos em 2014. Portanto ela virá ainda mais fortalecida e com a vantagem de ser, provavelmente, a única mulher na disputa.

Eduardo Paes/Requião (PMDB): Independente do candidato, o PMDB tem raízes em todos os setores do país, sempre esteve presente nos governos pós-redemocratização. Apoio não faltará ao candidato do maior partido do país.

O que isso tem a ver com a candidatura do Bolsonaro?

Simples. Com os candidatos acima, mesmo que haja algumas modificações e isso pouco importa, o Deputado Jair Bolsonaro, com muito otimismo, teria 7% dos votos.

Uma derrota premeditada.

Continuo a "enxergar" a mente de vocês, "E o que isso tem a ver?" "Eu já sei que ele será derrotado, mas e daí?"

Ora, como o Deputado Jair Bolsonaro será sobrepujado, caso seja candidato, teremos um fascista a menos em 2019, pois cada Deputado Federal tem um mandato de quatro anos.

Portanto, todos os progressistas devem ansiar por uma candidatura presidencial de Jair Bolsonaro, pois isso significa quatro anos com um fascista a menos no cenário nacional.

Certo?
Entenda porque a esquerda deve torcer pela candidatura de ''Bolsonazi'' em 2018
4 / 5
Oleh