quarta-feira, 6 de abril de 2016

Crianças do Paraná recolhem dinheiro em salas de aula para garantirem a merenda


Reproduzimos o desabafo de Thea Tavares no Facebook:

Estudante do ensino médio de uma escola estadual de Curitiba postou em rede social um desabafo, no qual divide com um grupo de amigos a surpresa dele quando outros alunos interromperam a aula esta manhã para arrecadar um real de cada estudante e de cada professor a fim de garantir a merenda escolar.

E explicaram: é que o governo do estado – do tucano Beto Richa – não está repassando o que deveria para garantir às escolas da rede pública estadual a merenda digna de cada dia.

Revoltante, indigno e vergonhoso!

O garoto que denuncia o descaso de Beto Richa lembra que muitos estudantes almoçam na escola e encontram nessa refeição a certeza de uma alimentação balanceada e equilibrada nesse dia. Desde o início do ano letivo, porém, eles têm percebido a diminuição da merenda, a repetição dos alimentos (antes a refeição era mais variada) e dizem que, agora, faltou de vez.

Pensava eu que a marca mais forte da exploração e ganância tucanas fosse a das privatizações. Mas é toda sorte de ataques aos direitos sociais e toda forma de se apropriar do que for patrimônio do povo. A exemplo do escândalo dos desvios da merenda escolar no Estado de São Paulo, sempre tem um bico tucano nessa expropriação. É a marca deles!

Só escrevo a história sem revelar as fontes porque, conhecendo o poder de perseguição e de retaliação do governo Beto Richa - e abril é um mês para não esquecer mesmo -, é melhor não correr o risco de expor as pessoas envolvidas a um drama maior que ter de passar o chapéu em sala de aula para garantir a merenda na mesa.
Crianças do Paraná recolhem dinheiro em salas de aula para garantirem a merenda
4 / 5
Oleh