quinta-feira, 21 de abril de 2016

Deputado que votou pelço GOLPE foi acusado de sequestro e cárcere privado


STF - Na AP 360, o parlamentar paranaense é acusado de sequestro e cárcere privado contra José Adilson dos Santos, gerente de uma propriedade rural em Mato Grosso vendida ao deputado, dono de uma concessionária Volkswagen em Cascavel (PR). O fato ocorreu em 2000. Como o parlamentar pretendia negociar o imóvel, pediu ao antigo proprietário, José Gomes Pepes, que lhe encaminhasse documentos necessários para realizar a transação.

Tais documentos foram levados à concessionária de Giacobo por José Adilson. Entretanto, desconfiado de que fossem falsos, Giacobo, furioso, teria exigido a restituição do sinal de R$ 250 mil dado pela propriedade e mantido José Adilson em cárcere privado, durante cerca de 30 horas, em uma chácara de sua propriedade, auxiliado por um policial civil e funcionários de sua empresa. Entre outros, os sequestradores teriam ameaçado José Adilson de morte se não lhe desse informações sobre o paradeiro do antigo proprietário do imóvel. Este, posteriormente, se apresentou e restituiu o sinal.

**

Devido a uma manobra do STF, o processo foi prescrito.
Deputado que votou pelço GOLPE foi acusado de sequestro e cárcere privado
4 / 5
Oleh