sexta-feira, 8 de abril de 2016

Líder do MBL no PR coordena agressão à Senadora Gleisi Hoffmann no aeroporto intencional de Curitiba



A senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) corre risco de morte, segundo postagens no perfil “República de Curitiba” no Facebook.

Militantes fascistas cercaram a petista ontem (7) à noite, no aeroporto de Curitiba, quando ela retornava de Brasília. O autor do vídeo chama-se Jofran Alves.


No aeroporto Afonso Pena, fascistas a hostilizaram com palavrões e xingamentos impublicáveis. Mas o mais grave ainda é que eles publicaram vídeo com comentários sugerindo o “linchamento” da parlamentar.



Gleisi participou na manhã desta sexta-feira (8), na Capital Nacional do Grampo, de uma audiência pública na Assembleia Legislativa do Paraná sobre o problema da imigração.

Leia mais no Blog do Esmael Morais.

Segundo um membro da equipe da Senadora, Eder Borges, líder do MBL no Paraná, foi quem coordenou as agressões.



A platéia que estava na ALEP responeu aos fascistas:


O Debate Progressista é solidário à Senadora Gleisi Hoffmann, que nos concedeu uma entrevista em março.
Líder do MBL no PR coordena agressão à Senadora Gleisi Hoffmann no aeroporto intencional de Curitiba
4 / 5
Oleh