sexta-feira, 22 de abril de 2016

Senador que votará a favor do GOLPE pode ter mandato cassado por apresentar notas frias em prestação de contas de campanha


Jornal do Dia - O Senador Davi Alcolumbre (DEM-AP) corre risco de perder o mandato. 
Novas suspeitas e provas aparecem sobre ele, no caso em questão também há suspeita de falsificação de documentos públicos.

O advogado que assina a procuração, Hercílio Albuquerque, disse que apesar do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) ter analisado e aprovado a prestação de contas do senador, tal fato é “completamente desimportante para a presente ação, na medida em que se trata de processo administrativo”.

Diante da defesa que Davi apresentou perante as acusações sofridas, Hercílio disse que o senador literalmente fugiu do debate do presente processo, após ser descoberto e desmascarado juntamente com seu contador Rynaldo Antônio Machado Gomes, teria juntado notas fiscais frias para calçar a prestação de contas.

Para Hercílio Albuquerque, Davi tem a pretensão em dois aspectos ao juntar mais notas fiscais frias: jogar a responsabilidade única e exclusivamente na empresa LLS Morais Ltda.

“É fato público e notório que o contador Rynaldo Antônio é costumado em proceder de forma pouco ortodoxa, com as contas e documentos na prestação de contas de campanha. E notícias dão conta que este foi demitido do Cartório Público em Macapá porque teria falsificado documentos”, diz o advogado na ação.
Senador que votará a favor do GOLPE pode ter mandato cassado por apresentar notas frias em prestação de contas de campanha
4 / 5
Oleh