terça-feira, 5 de abril de 2016

Três estados governados pelo PSDB terão aumento nas tarifas de energia elétrica a partir de hoje


A diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou nesta terça-feira (5) o reajuste das tarifas de energia de três distribuidoras: a CPFL Paulista, que atende municípios do interior de São Paulo, além da Energisa Mato Grosso e da Energisa Mato Grosso do Sul. Os aumentos médios estão acima de 7% e começam a valer na sexta-feira (8).

Para a CPFL Paulista, o aumento médio na conta de luz será de 7,55%. A alta será de 6,56% para as indústrias e de 8,23% para as residências

A CPFL Paulista atua na distribuição de energia para 234 municípios do interior de São Paulo, inclusive Campinas, Ribeirão Preto, Bauru e São José do Rio Preto. A empresa informa que atende a mais de 4 milhões de consumidores.

A Energisa Mato Grosso do Sul poderá aumentar as tarifas, em média, 7,19%, segundo a decisão da Aneel. Para as indústrias, a alta será de 6,75%. Para os consumidores residenciais, a alta será de 7,40%.

Para a Energisa Mato Grosso, o aumento médio aprovado pela Aneel é de 8,60%. Para a indústria, a alta é de 7,58%. Para as residências, 9,11%.

Laís Alegretti - G1
Três estados governados pelo PSDB terão aumento nas tarifas de energia elétrica a partir de hoje
4 / 5
Oleh