terça-feira, 3 de maio de 2016

ATENÇÃO - Assembléia Legislativa de São Paulo é ocupada por estudantes

Foto: Mídia Ninja

Cerca de 200 estudantes ocuparam por volta das 17h desta terça-feira, 3, o prédio da Assembleia Legislativa de São Paulo em represália ao deputado estadual presidente da casa, Fernando Capez (PSDB-SP) e ao protelamento na abertura da CPI da merenda.
Capez foi delatado por facilitar contratos da máfia da merenda nas investigações conduzidas pelo Ministério Público Federal (MPF). Além disso, é acusado pela oposição de manobrar para estacionar a abertura da CPI na assembleia, parada há 3 meses, desde que foi deflagrada a Operação Alba Branca.
Seu ex-assessor, Alexandre Zackir, que recentemente assumiu a Secretária de Administração Geral, é acusado de obstruir o inquérito, combinando os depoimentos dos funcionários do gabinete de Capez.
"A abertura da CPI esta há meses em pauta e a mídia ninguém tá nem aí. Exigimos o fim do mandato dos ladrões da merenda, Alckmin, Baleia Rossi e Capez, pegos na operação Alba Branca. Só saímos com a CPI da merenda", afirmou Ana Barbara, da escola Caetano de Campos e da UBES.
Os secundaristas pedem a imediata prisão do ladrão da merenda e o fim do sucateamento do ensino com o fechamento de escolas e salas de aula, promovida pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB-SP).
"Isso uma pressão contra a máfia da merenda. O Centro Paula Souza já foi ocupado. Houve um esquema de corrupção e queremos os culpados na cadeia", disse o secundarista da ETEC Zona Leste, Eric.
ATENÇÃO - Assembléia Legislativa de São Paulo é ocupada por estudantes
4 / 5
Oleh