quarta-feira, 11 de maio de 2016

Milhares de mulheres estão a caminho do Senado para tentar barrar o GOLPE


Brasil 24/7 - Cerca de três mil participantes da 4ª Conferência Nacional de Políticas para as Mulheres, que ocorre em Brasília, caminham neste momento rumo ao Senado Federal, onde ocorre a sessão que deverá afastar a presidente da República, Dilma Rousseff.
Na sessão, presidida por Renan Calheiros (PMDB-AL), mais de 60 senadores irão discursar, por até 15 minutos cada, para então começar a votação sobre a admissibilidade do processo de impeachment na Casa, que afastará Dilma por até 180 dias.
Até 17h10, haviam falado 18 senadores. Há ainda 50 inscritos para discursar, o que deve levar doze horas e meia.
Nesta terça-feira, Dilma participou da cerimônia de abertura da Conferência das Mulheres, onde foi aplaudido por milhares de mulheres de todo o País e voltou a denunciar um golpe contra ela.
"A história ainda vai dizer quanto de preconceito contra a mulher, quando de violência contra a mulher tem nesse processo de impeachment golpista", discursou a presidente, no último evento que participou como presidente da República antes do afastamento, que o governo acredita poder reverter.
Milhares de mulheres estão a caminho do Senado para tentar barrar o GOLPE
4 / 5
Oleh