quarta-feira, 29 de junho de 2016

Polícia Civil do DF invade protesto no MEC e conduz coercitivamente um professor


A polícia civil do DF invadiu o prédio do MEC, hoje (29), em Brasília - embora seja jurisdição da Polícia Federal - e conduziu coercitivamente um professor de Poá-SP.

O nome do docente é Fernando Lima dos Santos, tem 42 anos e é vinculado à APEOSP.

O professor prestou depoimento e foi liberado.

Fernando participava do 'trancaço' no MEC, um protesto organizado por um grupo de professores e de sindicalistas. 

O ato pelo movimento “Fora, Temer” denuncia o desmanche do Conselho Nacional de Educação, cujos titulares tinham mandato de quatro anos, pelo interino Michel Temer.
Polícia Civil do DF invade protesto no MEC e conduz coercitivamente um professor
4 / 5
Oleh