terça-feira, 28 de junho de 2016

Presidente interino não consegue governar sem conversar com Eduardo Cunha


 
A presidenta Dilma Rousseff, em entrevista à rádio Metrópole, de Salvador, reforçou a necessidade de uma profunda reforma política, para que os políticos eleitos pelo voto direto popular tenham condições de governabilidade. “Qualquer pessoa que sentar na cadeira de presidente e for séria vai pensar: precisamos de uma reforma política.”, disse.

Como exemplo, Dilma lembrou o encontro do vice-presidente, Michel Temer, hoje presidente em exercício, com o presidente afastado da Câmara, deputado suspenso Eduardo Cunha. “O Presidente interino e provisório não consegue governar sem conversar com um presidente que o Supremo Tribunal Federal já denunciou por unanimidade duas vezes e mantém o controle da Câmara dos Deputados”.

Para Dilma, o encontro e as negociações pelo impeachment traduzem a fragilidade do sistema político brasileiro. “Como disse um articulista hoje, não foi sobre futebol que eles conversaram quando se encontraram no domingo à noite”.


Site Dilma
Presidente interino não consegue governar sem conversar com Eduardo Cunha
4 / 5
Oleh