quarta-feira, 29 de junho de 2016

Silvio Santos: "Por passarmos em cima da democracia, tenho medo que paguemos caro."


Silvio Santos, 86 anos, apresentador e dono do SBT, não se manifestou sobre política e proibiu seus funcionários que comentasse sobre, com medo de manipulação, e guerra midiática desnecessária, foi abordado na rua e perguntado sobre o impeachment da presidente Dilma, e sobre Temer, ele só respondeu:

"Por passarmos em cima da democracia, tenho medo que paguemos caro
". Na sequencia ele fechou a porta do carro, e se foi.

O dono do Sistema Brasileiro de Televisão , deu uma chamada em dois profissionais da sua rede de televisão, a jornalista Rachel Sheherazade e o apresentador Danilo Gentili. Os dois andaram emitindo opinião política nos seus respectivos programas. Silvio Santos mandou que eles comprassem um canal de TV –“Aqui você não pode falar em política. O SBT não se mete em política. O SBT é uma estação de entretenimento”, diz Silvio a Rachel. “Se você quer falar de política vai falar na Record, vai falar na Band, na Jovem Pan. Aqui é para entretenimento. De vez em quando, no meu programa, eu coloco algumas músicas descobertas pelo Agnaldo (o sonoplasta). Músicas de mais de 30 anos e não mudou nada. São tão atuais como se tivessem sido feitas ontem.” – e falassem de política. Em tempo: O SBT foi a única emissora que durante o processo do impeachment da presidente Dilma Rousseff não fez a transmissão.

Gustavo Vidal/Blog TV Tudo
Silvio Santos: "Por passarmos em cima da democracia, tenho medo que paguemos caro."
4 / 5
Oleh