quinta-feira, 2 de junho de 2016

TUDO A VER COM O PSDB: Fiscais encontram escorpiões em cozinhas das escolas públicas de SP


Na cozinha da escola municipal Adalberto Christo das Dores, em Itapetininga (a 172 km de São Paulo), foi encontrado um escorpião. Já na Etec (Escola Técnica Estadual) Paulino Botelho, em São Carlos (a 232 km da capital), um pombo foi achado em cima de caixas que armazenam as merendas.

No colégio municipal da cidade de Osvaldo Cruz (a 558 km de São Paulo), parte da merenda estava com o prazo de validade vencido desde janeiro.

Os fiscais também encontraram cozinhas e refeitórios em más condições, como mofo no teto da cozinha de escola estadual em Nuporanga (a 373 km de São Paulo), alagamento de esgoto de refeitório em estadual de Ribeirão Preto (a 313 km da capital) e no preparo dos alimentos.

ESTADUAIS

Um balanço parcial do relatório –que não foi finalizado até a publicação deste texto– aponta que, nas escolas estaduais, uma porcentagem expressiva (38%) das cozinhas averiguadas não têm condições adequadas para o preparo das refeições; 13% dos refeitórios não atendem às condições de higiene e limpeza, 31% dos refeitórios não atendem a todos os alunos e 18% sequer têm refeitório.

Os agentes também constataram que 36% das merendeiras em escolas estaduais não estavam adequadamente vestidas –com avental, touca, luvas e calçados antiderrapantes– e 36% dos alimentos não estão estocados adequadamente. 7% das escolas contam com alimentos estocados com o prazo de validade vencido.

Contra pragas, 22% das escolas não tiveram desratização nos últimos meses e 18% não tiveram desinsetização.

Os números relativos aos alvarás de funcionamento das escolas do governo Geraldo Alckmin são ainda mais graves. 91% das estaduais não possuem o alvará de vigilância sanitária emitido pela Anvisa e 87% não possuem a certificação do Corpo de Bombeiros que atesta a segurança contra incêndios.

Na capital, apenas as escolas estaduais e Etecs foram visitadas. Uma vez que o município de São Paulo conta com seu próprio Tribunal de Contas, as escolas municipais estão sob sua fiscalização, não do TCE.

Leia mais na Folha.
TUDO A VER COM O PSDB: Fiscais encontram escorpiões em cozinhas das escolas públicas de SP
4 / 5
Oleh