quarta-feira, 22 de junho de 2016

Por 11 votos a 0, Cunha se torna RÉU no STF pela segunda vez. Agora pelas contas secretas na Suiça


O Supremo Tribunal Federal (STF) acolheu nesta quarta-feira (22) a denúncia do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, contra o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) por recebimento de propina em contas secretas na Suíça.

A acusação é de que o deputado recebeu propina no exterior na compra, pela Petrobras, de um campo de petróleo em Benin, na África. O negócio, fechado em 2011, teria custado R$ 138 milhões à estatal e rendido propina de R$ 5,2 milhões para Eduardo Cunha movimentada nas contas secretas na Suíça.


Essa é a segunda ação penal aberta contra Cunha no STF.

#SomosMilhõesdeCunhas
Por 11 votos a 0, Cunha se torna RÉU no STF pela segunda vez. Agora pelas contas secretas na Suiça
4 / 5
Oleh